sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Roteador TP-Link TL-MR3420 V2 (ou V2.2) com modem Huawei E3272

 Durante o Natal um cliente me procurou desejando usar seu modem 4G USB em dois computadores.


Sugeri que ele comprasse um roteador 4G. Pensei a princípio em um desses modelos com slot SIM para colocar o card da operadora.

Mas ele me disse que tinha um roteador 4G que nunca havia conseguido usar, o TP-Link TL-MR3420

 

Pedi que ele colocasse o celular no modo roteador e conectasse o computador dele no celular, assim eu poderia acessar o computador dele pelo Anydesk.
Em seguida pedi que ele conectasse o modem 4G no roteador e o roteador ao computador, via cabo (já que o computador já estava usando o wifi).

Acessando o Anydesk pude ver que o roteador não reconhecia o modem na porta USB.


Tentei upgrade da firmware do roteador pelo site da TP-Link Brasil e nada. Sem suporte ainda.


Foi aí que lembrei da firmware alternativa dd-wrt mas ela não tem suporte a esse roteador.

Tentei então a OpenWRT e vi que era compatível.

Por não ser uma coisa que faço com frequência, procurei um guia de configuração e achei um muito bom: Router TL-MR3040 com Modem Vivo Huawei E3272

O problema desse guia é que ele é de 2015. Com os updates que já ocorreram, essa firmware alternativa ficou grande demais pros míseros 4 megabytes de nvram desse roteador e não havia memória suficiente para instalar os módulos 4G que o sistema operacional do roteador precisa.
Depois de quebrar a cabeça, achar uma versão antiga menor (e que não funcionou também), comecei a pesquisar formas de diminuir mais a firmware, para assim ter espaço pros módulos que precisavam ser baixados.

Descobri que teria que recompilar a firmware e seria mais complexo e tomaria mais tempo do que eu queria.

Nas minhas buscas acabei encontrando um site específico de firmwares para modens 4G com versões mais enxutas e que poderiam:

Quando estava prestes a baixar essa firmware me lembrei de algo. Anos atrás eu baixei uma firware do site Russo da TP-Link para resolver o bug de um roteador meu. Essa firmware só estava disponível no site russo e, apesar dos avisos do site para não usar firmware de um país em outro, ela funcionou maravilhosamente.

A solução que acabou funcionando era MUITO MAIS SIMPLES! Baixei uma firmware BETA do site de TP-Link de PORTUGAL!

https://www.tp-link.com/pt/support/download/tl-mr3420/v2/#Firmware


Quebrei bastante a cabeça, e mesmo que a solução tenha sido mais simples do que pensei, aprendi bastante!

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Como criar um pendrive de instalação do Windows 10

 Hoje em dia é muito comum as pessoas comprarem computadores sem Windows em promoções.

Muitos o fazem já com a ideia de formatar o computador e colocar o Windows, enquanto outros o fazem por pura desatenção e ficam perdidos quando descobrem que o computador não tem Windows.

Pouca gente sabe mas o Windows pode ser usado gratuitamente, em modo de teste, por 30 dias. É dessa forma que muitos You-tubers de canais de informática testam computadores. Imagine ter que comprar uma licença para cada computador que testam!

"Isso quer dizer que posso usar o Windows de graça?!". Não. Isso quer dizer que você tem 30 dias para comprar uma licença na internet ou em uma loja após a instalação do Windows. Se você quiser se aventurar e instalar um "Ativador" (programa que engana o sistema e o faz pensar ter uma licença original), faça por sua conta e risco.

Hoje encontram-se licenças originais bem baratas na Internet e aquela desculpa do "Windows ser caro" já não cola tanto.

Para criar o pendrive de instalação do Windows 10 será necessário ter um pendrive de 8 gigabytes, um computador que já funcione com o Windows 7, 8.1 ou 10, e acesso à internet. 

Acesse o site de Download do Windows 10 e clique no botão "Baixar a ferramenta agora"

Se você estiver usando o Google Chrome ou o Navegador Edge, verá no canto esquerdo da tela o arquivo MediaCreationTool.exe que foi baixado. Clique nele para executar.